Está com dúvidas sobre a iluminação de sua sala de estar?

Está com dúvidas sobre a iluminação de sua sala de estar?
Autor: ARKPAD Fonte: LPS Brasil - Consultoria de Imóveis S/A 01 de Setembro de 2015

Deixar a sala de estar aconchegante é algo que vai além de acertar na compra dos móveis. É essencial fazer um projeto luminotécnico e garantir que nenhum espaço fique no escuro. O trabalho começa com a valorização da entrada de luz natural. Invista em grandes aberturas, claraboias e portas de vidro. “Aproveite ainda para usar o recurso dos espelhos e rebater nas paredes a luz que entra pela janela”, afirma Carina Tavares, light designer. O próximo passo é escolher qual luminária usar em cada espaço do ambiente.

A iluminação geral pode ser conquistada por meio de spots, rasgos de luz ou plafons embutidos no forro de gesso. Lembre-se somente de usar Lâmpadas LED para garantir a claridade necessária. Os lustres também são destaque no projeto, entretanto, sua função é mais decorativa – já que não é possível regular a quantidade de luz. Mas o projeto da sala podem contar ainda com cenários diferentes na hora de iluminar peças de design ou cantinhos específicos. A saída, nestes casos, é instalar luminárias com foco direto.

Compre luminárias de piso ou abajures flexíveis para o cantinho da leitura e os instale próximos à mesa ao lado da poltrona. “É interessante também recorrer aos pendentes. Tenha cuidado apenas para não colocá-los em cima da poltrona e esquentar o lugar (o ideal é ficarem, no mínimo, em uma distância de 50 cm do móvel)”, diz Flávia Freitas, design de interiores. Outra saída para as luzes diretas é usar trilhos e spots LED direcionáveis. Os fachos são ideais para ressaltar a presença de esculturas e obras de arte na sala de estar. Mas não se esqueça de usar lâmpadas frias e não danificar as peças.

A iluminação indireta é mais uma opção no momento de elaborar o projeto luminotécnico. Instale arandelas nos pilares (com altura mínima de dois metros) e abuse do efeito “Wall Washing” para ganhar amplitude no local. O recurso usa pontos de luz direcionados para conseguir o efeito de “lavar” o ambiente com luz, destacando quadros e esculturas. As salas de estar que tiverem o pé direito amplo têm ainda a alternativa de ganhar sancas invertidas. “A sanca é importante para disfarçar as vigas do teto, em especial quando não for possível rebaixar muito o teto”, afirma Flavia.

O projeto da sala de estar continua com a escolha das lâmpadas. Os modelos LED tem maior vida útil e consomem aproximadamente 30% menos de energia, sendo usados tanto na forma de lâmpadas quanto de fitas. Abuse deste recurso em nichos e estantes, conferindo amplitude aos móveis. Outra possibilidade é investir em lâmpadas LED halógenas, dicróicas ou AR. Tais modelos são potentes e mais econômicos do que as incandescentes, além de terem a vantagem da coloração amarelada. E não se esqueça de que as lâmpadas devem ter temperatura de cor próxima à natural (perto dos 2.700 Kelvin).

Dicas:

  • Apostar nas Fitas LED para iluminar os nichos das estantes e dos aparadores da sala de estar é uma saída interessante. A vantagem é que as lâmpadas são econômicas, duráveis e trazem amplitude;
  • Os lustres são ideais para completar a decoração da sala de estar. A peça, entanto, não permite regular a quantidade de luz;
  • As luminárias pendentes trazem a luz focal para o ambiente. Cuidado somente para não deixá-las sobre as poltronas e esquentar os assentos;
  • As luminárias de piso conferem charme e elegância ao ambiente. Elas devem ser usadas nos cantos, nas laterais do sofá ou perto das poltronas;
  • Além da aparência arrojada, os trilhos com spots direcionáveis são práticos e ideais para destacar obras de arte e esculturas;
  • Uma opção para iluminar as obras de arte da sala é investir em Spots LED direcionáveis. Cuide apenas para não usar lâmpadas frias e danificar as peças;
  • As sancas invertidas ajudam a trazer amplitude à sala de estar. O recurso pode contar com Fitas ou ainda Lâmpadas LED;
  • Aposte nas luminárias LED articuladas de apoio ou de parede para ter um facho direcionado no espaço de leitura da sala;
  • As sancas tradicionais são o melhor recurso para trazer amplitude à sala de estar. Mas lembre-se de evitar luzes com tons vibrantes no local;
  • É essencial valorizar a entrada de luz natural na sala de estar. No projeto luminotécnico, invista em grandes aberturas, claraboias e portas de vidro.
Comentários
Mais Postagens
A CL LUZ estará na EXPOSEC 2019.

A CL LUZ estará na EXPOSEC 2019.

Leia
SAE International

SAE International

Leia
Os efeitos do LED no ambiente de trabalho

Os efeitos do LED no ambiente de trabalho

Leia
Como lâmpadas de LED podem aumentar o valor da sua casa

Como lâmpadas de LED podem aumentar o valor da sua casa

Leia
Como será a iluminação no futuro?

Como será a iluminação no futuro?

Leia
Atendemos todo o Brasil

Acre

Alagoas

Amapá

Amazonas

Bahia

Ceará

Distrito Federal

Espírito Santo

Goiás

Maranhão

Mato Grosso

Mato Grosso do Sul

Minas Gerais

Pará

Paraíba

Paraná

Pernambuco

Piauí

Rio de Janeiro

Rio Grande do Norte

Rio Grande do Sul

Rondônia

Roraima

Santa Catarina

São Paulo

Sergipe

Tocantins

Você tem algum projeto?
Entre em contato conosco!

Você necessita de um projeto exclusivo?
Entre em contato conosco para analisarmos e desenvolvermos seu projeto de forma personalizada e com ótimo
custo / benefício.

Fale Conosco

Cadastre-de para receber nossa Newsletter

Nome
E-Mail